Carla Luz - Fotos e Fotos
carla luz fotos espiritismo
By: Carla Pompeu

[Recommend this Fotopage] | [Share this Fotopage]
[Archive]
Friday, 26-Oct-2007 01:16 Email | Share | | Bookmark
Fotos Novas

Gatinha!
 
Miaaaaauuuu!
View all 30 photos...
Algumas fotos que a falta do que fazer me fez tirar


Sunday, 29-Jul-2007 15:52 Email | Share | | Bookmark
Fotos Novas do Orkut

Uma flor e eu. Eu sozinha e ela morta.
Olha as novas cores do meu quarto!!! São lindaaaaaaasss!!
Miaaaaauuuuu! Ui! Fiquei gatinha perto do leão de madeira!
View all 13 photos...
Meu orkut é uma obra de arte visual e textual!
Aproveitem!


Wednesday, 4-Jul-2007 22:01 Email | Share | | Bookmark
Fotos Versão Pintura

 
 
 
View all 13 photos...
Aqui as fotos que eu já coloquei no orkut, foi o meu momento maquiagem (ou pintura, como queiram).
Espero que apreciem o momento arte no rosto!


Tuesday, 3-Jul-2007 18:21 Email | Share | | Bookmark
Fotos Antigas

Minha avó e meu avô - praticamente artistas de cinema!!
Olha que bebê mais lindo! Sou eu minha gente! E olha o BARRIGÃOO
Eu e minha bonequinha na pracinha, brincando com a mamãe!
View all 9 photos...
Fotos - Versão Revivendo o Passado

Estou disponibilizando algumas fotos antigas que encontrei aqui em casa. Foi ótimo reencontrar essas fotos. Pude rir bastante (e ganhar uma alergia por mexer com coisas velhas), relembrar bons fatos. Eu sempre digo que não gosto de sentir saudades, e é verdade. Mas essa saudade é uma saudade saudável (ui! essa frase pegou!). O que não gosto é de sentir saudade de quem faz ainda muita falta pra mim, ou de momentos dos quais eu gostaria de que estivessem congelados, não tivesse passado...
Mas o que mais gosto quando remexo nas velharias aqui de casa, é ver minhas fotos de bebê e as fotos da minha avó e do meu avó.
Espero que gostem!
Um beijo para os conhecidos.
Um abraço para os não tão conhecidos.
Um aperto de mão para os não conhecidos.
Para os totalmente desconhecidos (totalmente), sejam bem vindos.
_____________________________________________________________

Meus Oito Anos - Casimiro de Abreu

Oh ! Que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais !
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras,
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais !

Como são belos os dias
Do despontar da existência !
- Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é - lago sereno,
O céu - um manto azulado,
O mundo - um sonho dourado,
A vida - um hino d'amor !

Que auroras, que sol, que vida,
Que noites de melodia
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar !
O céu bordado d'estrelas,
A terra de aromas cheia,
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar !


[Archive]

© Pidgin Technologies Ltd. 2016

ns4008464.ip-198-27-69.net